domingo, 31 de janeiro de 2010

Pedro Botto Machado

Pedro Amaral Botto Machado nasceu em Gouveia, a 10 de Agosto de 1868. Assentou praça aos 18 anos, no regimento de Infantaria 14. Participou no 31 de Janeiro de 1891, como sargento do 18 de infantaria, foi julgado e condenado a 3 anos de degredo em Luanda e Benguela, sendo reintegrado em Novembro de 1910 como tenente, subindo posteriormente a capitão.

Casou em 1907, com D. América Garção Stokler, possuidora de grande fortuna. Mandou erguer o edifício, junto à ponte, onde instalou: uma escola, a Associação de Socorros Mútuos dos Artistas e Operários de Gouveia, um Centro de Instrução e Recreio e a Sociedade Musical Gouveense, que fundou em 1911. Foi dos grandes impulsionadores da criação da Escola Primária Superior e deu grande contribuição à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Gouveia.

Foi deputado na Constituinte de 1911 (pelo circulo nº 23 de Pinhel) e senador da República. Foi Governador Geral da Província Ultramarina de S. Tomé e Príncipe, entre 1913 e 1918. À frente do Município de Gouveia foi o responsável por significativas obras, tais como: rede de esgotos, electrificação, posto zootécnico, fábrica de sedas, oficinas de carpintaria, marcenaria, serralharia e latoaria e o inicio dos trabalhos da Avenida a que deram o seu nome. Faleceu em 1921.


Nenhum comentário: